Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior


RSS do Ministério do Desenvolvimento

 

Busca Avançada

Preencha os campos abaixo para encontrar o que deseja:
 


Página Inicial » Comércio Exterior » Estatísticas de comércio exterior - DEAEX » Balança comercial brasileira: Semanal

Balança comercial brasileira: Semanal

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA
ABRIL 2015 – 3ª Semana

 

  • RESULTADOS GERAIS 

Na terceira semana de abril de 2015, a balança comercial registrou déficit de US$ 240 milhões, resultado de exportações no valor de US$ 3,745 bilhões e importações de US$ 3,985 bilhões. No mês, as exportações somam US$ 8,798 bilhões e as importações, US$ 8,906 bilhões, com saldo negativo de US$ 108 milhões. No ano, as exportações totalizam US$ 51,573 bilhões e as importações, US$ 57,238 bilhões, com saldo negativo de US$ 5,665 bilhões.

  • ANÁLISE DA SEMANA

 A média das exportações da 3ª semana chegou a US$ 749,0 milhões, 3,8% superior à média de US$ 721,9 milhões até a 2ª semana, em razão do crescimento nas exportações de produtos manufaturados (+12,8%, de US$ 249,8 milhões para US$ 281,7 milhões, em razão, principalmente, de aviões, óxidos e hidróxidos de alumínio, óleos combustíveis, autopeças e automóveis) e básicos (+0,4%, de US$ 374,0 milhões para US$ 375,4 milhões, por conta de soja em grão, petróleo, café em grão e farelo de soja), enquanto decresceram as vendas de semimanufaturados (-4,8%, de US$ 77,8 milhões para US$ 74,1 milhões, em razão de couros e peles, ferro-ligas e ouro em forma semimanufaturada). Do lado das importações, apontou-se crescimento de 13,4%, sobre igual período comparativo (média da 3ª semana, US$ 797,0 milhões/média até a 2ª semana, US$ 703,0 milhões), explicada, principalmente, pelo aumento nos gastos com combustíveis e lubrificantes, equipamentos mecânicos, aparelhos eletroeletrônicos, veículos automóveis e partes, e químicos orgânicos/inorgânicos. 

  • ANÁLISE DO MÊS 

 Nas exportações, comparadas as médias até a 3ª semana de abril/2015 (US$ 733,2 milhões) com a de abril/2014 (US$ 986,2 milhões), houve retração de 25,7%, em razão da queda das três categorias de produtos: básicos (-29,4%, de US$ 530,4 milhões para US$ 374,6 milhões, por conta, principalmente, de minério de ferro, soja em grão, farelo de soja, carne suína, de frango e bovina, e café em grão), semimanufaturados (-28,9%, de US$ 107,2 milhões para US$ 76,2 milhões, pelas quedas de açúcar em bruto, ouro em forma semimanufaturada, óleo de soja em bruto, couros e peles, ferro-ligas, celulose, e semimanufaturados de ferro/aço) e manufaturados (-18,7%, de US$ 323,5 milhões para US$ 263,1 milhões, por conta de óleos combustíveis, automóveis de passageiros, motores e geradores, máquinas para terraplanagem, aviões, bombas e compressores, veículos de carga, motores para veículos e autopeças). Relativamente a março/2015, a queda foi de 5,0%, em virtude da retração nas vendas de produtos semimanufaturados (-31,9%, de US$ 111,9 milhões para US$ 76,2 milhões) e manufaturados (-11,4%, de US$ 296,9 milhões para US$ 263,1 milhões), enquanto cresceram os produtos básicos (+9,5%, de US$ 342,0 milhões para US$ 374,6 milhões). 

Nas importações, a média diária até a 3ª semana de abril/2015, de US$ 742,2 milhões, ficou 22,8% abaixo da média de abril/2014 (US$ 960,9 milhões). Nesse comparativo, decresceram os gastos, principalmente, com adubos e fertilizantes (-46,3%), combustíveis e lubrificantes (-40,2%), borracha e obras (-30,6%), siderúrgicos (-23,3%) e químicos orgânicos/inorgânicos (-21,7%). Ante março/2015, houve queda de 1,2%, pelas diminuições em químicos orgânicos/inorgânicos (-20,3%), adubos e fertilizantes (-11,1%), farmacêuticos (-1,9%) e plásticos e obras (-1,0%). 

SECEX/DEAEX
20.04.2015

 

Balança Comercial Brasileira - Abril de 2015
US$ milhões FOB 
                   
Período Dias   Úteis EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO
Valor Média Valor Média Valor Média Valor Média
p/dia útil p/dia útil p/dia útil p/dia útil
                   
Abril (até a 3ª semana) 12 8.798 733,2 8.906 742,2 17.704 1.475,3 -108 -9,0
                   
1a. semana (01 a 05) 2 1.653 826,5 1.382 691,0 3.035 1.517,5 271 135,5
2a. semana (06 a 12) 5 3.400 680,0 3.539 707,8 6.939 1.387,8 -139 -27,8
3a. semana (13 a 19) 5 3.745 749,0 3.985 797,0 7.730 1.546,0 -240 -48,0
                   
Acumulado no ano 73 51.573 706,5 57.238 784,1 108.811 1.490,6 -5.665 -77,6
                   
Janeiro 21 13.704 652,6 16.877 803,7 30.581 1.456,2 -3.173 -151,1
Fevereiro 18 12.092 671,8 14.934 829,7 27.026 1.501,4 -2.842 -157,9
Março  22 16.979 771,8 16.521 751,0 33.500 1.522,7 458 20,8
Abril 12 8.798 733,2 8.906 742,2 17.704 1.475,3 -108 -9,0
                   
Abril/2014 20 19.724 986,2 19.218 960,9 38.942 1.947,1 506 25,3
Março/2015 22 16.979 771,8 16.521 751,0 33.500 1.522,7 458 20,8
Var. % Abr-2015/Abr-2014     -25,7   -22,8   -24,2   -135,6
Var. % Abr-2015/Mar-2015     -5,0   -1,2   -3,1    
                   
Jan-Abril/2015 (até a 3ª semana) 73 51.573 706,5 57.238 784,1 108.811 1.490,6 -5.665 -77,6
Jan-Abril/2014 (até a 3ª semana) 74 61.974 837,5 67.956 918,3 129.930 1.755,8 -5.982 -80,8
Var. % Jan/Abr - 2015/2014     -15,6   -14,6   -15,1    
                   
Fonte: SECEX/MDIC
Abril/2015: 20 dias úteis; Abril/2014: 20 dias úteis; Março/2015: 22 dias úteis.